21/11/2009

A Fotografia Impressa!

Encontrei uma fotografia impressa, numa incrivel gaveta, cheia de pó,já mal abria.
Num papel envelhecido,lá estava aquela fotografia,rasgada em ambas as bordas, como tu gostavas daquela fotografia, a fotografia do momento, a fotografia de sonho.
O tempo, o tempo seguiu em frente, o tempo não esperou por nós, e assim do nada, foi se acabando os dias, os minutos e os segundos’
A fotografia ficou no passado, no passado feliz, no passado em que tudo tinha um significado!
Reparo, em cada detalhe daquela fotografia, como ela transmite o teu sorriso tão belo, o sentimento, o olhar permanente de nós, o amor, como ela tem uma característica tão emocional.
E agora vou rasgá-la, para o vento te levar, para tu saberes que o que se passou foi realmente um passado que já não existe, com sorrisos e lágrimas, e que um laço tão forte, foi cortado aos pedaçinhos! Não fiques assim, porque a rosa que esta no teu coração vai acabar por ser oferecida a outra pessoa!

"Até onde o destino escrever*"

12 comentários:

  1. está tão bonito +.+
    e tens razão , nunca sabemos o que nos guarda o futuro :)

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado. :)
    Também escreves muito bem. Senti um aperto na garganta ao ler o teu texto. Está lindo.

    ResponderEliminar
  3. oh, obrigada.
    as memórias são tudo que temos <3

    ResponderEliminar
  4. ADOREI MUITO!!

    Está muito bonito!

    =D

    (P.S.: também tens uma rosa no teu coração que podes oferecer a quem quiseres! ;D )

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário! As críticas fazem-me crescer e os elogios não me sobem o ego, simplesmente me fazem continuar a escrever ainda mais :)